Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Eu também tive um regresso à Cristina Ferreira e à Jorge Jesus.

22.07.20, a tótó
Noutros moldes, obviamente.    Há um ano atrás eu passava pela "casa mãe" e desejava estar lá. O meu emprego naquela altura estava pelas horas da morte, andava a arrastar-me e só queria paz e sossego e eu sabia, naquela altura, que tudo o que precisava era de regressar. E sabem que, quando dizemos muitas vezes a mesma coisa, de alguma forma acaba por se realizar. E aconteceu. De repente abriu uma vaga e lá fui eu. Bem recebida, condições melhores do que da primeira vez (claro que (...)

Terei o direito e a liberdade de me queixar, agora?

01.04.20, a tótó
Todos os dias sinto-me grata por acordar, por acordar bem, sem sintomas. Pelos meus estarem bem também. Agradeço a esta situação por me ter aproximado mais do meu irmão, por estar em casa e por isso poder falar com mais tempo com a minha mãe. Sou grata por o j. poder estar em casa e não andarmos constantemente a pensar que pode trazer o virus para casa. Sou grata por ter trabalho e por receber ordenado (mesmo que não seja o que estava à espera). Sou grata por a única coisa que (...)

Pendências

14.08.19, a tótó
Tomei consciência das várias actividades pendentes que tenho nas diferentes áreas da minha vida. Aquela que neste momento acho mais importante é a tese. Descuidei-me tanto com ela, já nem sei sequer se a minha orientadora me aceita de volta. Por variadíissimas vezes, nos últimos tempos, já me passou pela cabeça deixá-la estar lá quieta. Tudo começou com desleixo, eu tinha programado começar no verão passado, mas as distrações depois do dia de trabalho eram demasiadas. (...)