Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

O essencial é termos uma mente saudável.

29.03.19, a tótó
Hoje é como se fosse sábado. Eu e o J. tirámos o dia de férias e mais logo vamos ver André Rieu ao Altice Arena.  Acordei à hora do costume e depois do pequeno almoço liguei-me à Netflix. Escolhi o documentário Heal, sobre o poder da mente, dos métodos alternativos para combatermos medos, raiva, ódio, conflitos, crenças e doenças.      Já estava na minha lista desde que me deparei com ele mas hoje foi o dia e porquê? Porque ontem à noite tive uma crise de ansiedade (...)

Desafio 30 dias minimalista - Dias 26, 27 , 28 e 29 - Stress e bagunça e metas e notificaçoes

30.09.18, a tótó
O que me causa stress? O meu trabalho. Não o trabalho em si, são as pessoas, as confusões que fazem por coisas tão pequeninas, a forma como falam, a forma como atiram-me com as coisas mal feitas ou por fazer, a forma como lidam com o próprio trabalho e a empresa. São mesquinhas e preocupam-se com os pormenores quando temos toda uma grandeza a tratar. Há todo um stress lá dentro. São os prazos, coisas que correm menos bem, muita pressão dos clientes, das equipas. Este stress podia (...)

Qual devia ser o maior medo dos patrões?

22.08.18, a tótó
O tempo zen pós-férias terminou um mês depois do regresso.   Eu andei tolerante, calma, compreensiva, achava que as coisas podiam melhorar se levasse tudo menos a sério, com tranquilidade.   Esquece lá isso!   Acho que estou pior do que antes das férias. Nessa altura andei mesmo a bater mal, não tinha paciência para ninguém, chorei que nem uma perdida em algumas situações de stress, descontrolei-me mesmo, a malta deve ter pensado que eu ia de férias para a ala psiquiátrica.   (...)