Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Um caso perdido teria sucesso?

10.11.18, a tótó
Olho para baixo, subo o murete, olho em frente, respiro fundo pela última vez e inclino-me. Sei que não há nenhum colchão lá em baixo, não há ninguém a aparar-me a queda. Só o chão rijo com pedras brancas, prontas a receber uma nódoa vermelha a percorrer os intervalos entre elas. Os gritos, as sirenes, um choro que perdura durante anos, uma angústia que aperta todos os dias no peito. O porquê, a culpa.   Viro costas à varanda.   Sou realmente um caso perdido mas tornar (...)

O inicio de um divórcio...

11.06.18, a tótó
Li no Linkedin que o trabalho é como uma relação amorosa: primeiro tem que haver uma atracção mútua, depois a relação vai crescendo, com um investimento contínuo de ambas as partes. Caso contrário, a relação começa a perder a chama, acabando por se extinguir totalmente e aí acontece o divórcio. Custa, há sempre uma incerteza quanto ao futuro, um vazio que fica mas há um lado positivo: abre-nos a porta para um novo amor.   O meu trabalho não começou como um amor à (...)