Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Dá-me pica e é francês.

Esta é a minha música do momento, aquela que passo não sei quantas vezes até um dia me fartar e ter que parar de ouvi-la.

 

 

A verdade é que esta música tem sido minha companheira nas viagens para a faculdade. Auto estrada fora, volume quase no máximo , cantar (berrar enrolando a letra e lingua e tudo) até ficar com comichão na garganta. Depois do dia me levar à exaustão mental é uma óptima dica para libertar nervos e energias negativas.

 

Como é que eu descobri o Stromae? Uma vez, na rádio, falavam de canções e outras coisas, que sendo estrangeiras, havia partes que soavam em português e uma delas era esta:

 

 ( minuto 0:43 e do minuto 3:04 quase ao fim - "Vem lá um carro" com sotaque dos Açores) 

 

É tão giro cantar em francês! 

Dizer Não deve ter limites, não?

Há toda aquela história em que devemos dizer não às coisas que não aceitamos para nós, para o nosso bem estar e sanidade mental e espiritual, o que for, mas estar constantemente a repetir "não" não será síndrome de patetice?

Escolher o não também requer saber usá-lo! Não é quando uma criança aprende a dizer  uma palavra e passamos um bom tempo a incentiva-la a dizê-la. Depois chega, passamos para outra palavra.

 

Os adultos quando aprendem a dizer não, ficam imparáveis, ninguém os atinge. Mas tal como as crianças, se não as incentivarmos a dizer mais qualquer coisa, coitadita! 

 

(A letra da música não é propriamente o sentido do texto, excepto no facto que digo não ao não descambido!

No no no no 

Manhãs para sempre n.8

É mais "Tardes para sempre" mas ainda vou a tempo.

Pois é, hoje a minha noite de sono foi a pensar e sonhar com a prova de ontem, não me sai da cabeça as perguntas e a procura das respostas certas, a sensação de que tenho capacidade para mais mas chega à hora h e parece que fico presa a não sei o quê.

 

Mas curiosamente o que me veio à cabeça quando acordei foi o episódio de ontem da Guerra dos Tronos. O dragão. O revirar da temporada que está quase a chegar ao fim. ai ai.

 

E como gosto muito de músicas épicas vou deixar a minha preferida desta temporada. É arrebatadora!

 

 

Blogs Portugal

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D