Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Assuntos de mulheres que os homens também têm de ler.

03.02.20, a tótó
Noutras conversas falei ao j. que queria deixar de tomar a pílula, queria voltar a ter um ciclo menstrual, sem hormonas artificiais a comandar o meu corpo. Claro que aproveitei esta minha vontade  com outra vontade, a de ser mãe. É forte dizer isto. Ser mãe. Tem tanto peso. Tanta responsabilidade.   Em Novembro disse adeus à bicha e ingenuamente comecei a contar os meses. " Ah não!! Outro leão não!!" Fiz alguns exames e análises e pareceu estar tudo em forma e apto.  Aguçou-se (...)

Prontas para falar de sexo?

19.08.19, a tótó
Tinha em mente falar sobre um documentário que deu na semana passada no canal Odisseias. Foi o j. que descobriu, pois como bom homem que é, anda sempre a par destes "eventos". E foi muito interessante ver e aprender e tirar novamente a conclusão de que nós mulheres temos muito poder, que sempre o tivemos, mas o cristianismo e a  sociedade no geral veio colocar a mulher numa posição submissa, como que só fosse necessária para procriar, para garantir descendência.  O que não (...)

Nobel da Paz com M - Murad e Mukwege

06.10.18, a tótó
A 5 de outubro de 2018 foram galardoados com o Prémio Nobel da Paz, Nadia Murad e Denis Mukwege, ambos activistas contra a violação sexual em contexto de guerra.   A juventude de Nadia Murad foi interrompida no Verão de 2014, quando um grupo de combatentes do Daesh invadiu a sua aldeia no Norte do Iraque durante a violenta expansão que levou o grupo extremista e jihadista a controlar grande parte do país. A sua mãe e seis dos seus irmãos foram executados por se recusarem a (...)