Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

O minuto que mudou a minha vida.

27.05.20, a tótó
19 de Maio. 16.30h. "Isto não correu bem." Esta é a frase que ecoa no meu coração. Este momento marca em simultâneo o fim e o início de uma vida, pois a menina das 16h não voltou à rua naquele dia. Ficou na marquesa...sem batimentos cardíacos...   Sofri um aborto. Um aborto retido. Sem sintomas, sem sinais de que algo não estava bem. Durante 1 mês tive um embrião sem vida dentro de mim e abraçava-o todos os dias. Fazíamos tantos planos juntos, já eram 13 semanas de muito amor.  Por isso foi tão complicado acreditar e essa dificuldade tornou-se ainda maior ao deparar-me com um diagnóstico de uma gravidez que se desenvolveu  de forma maligna. 

Relógio biológico fez das suas.

27.08.19, a tótó
Eu sonho imenso, acordada e especialmente a dormir.  Na noite de sábado para domingo, sonhei com maternidade. Sonhei que tinha acabado de ter gémeos mas um deles não estava bem. O outro bebé estava comigo, com diarreia e eu sentia-me perdida ao pô-lo confortável, devia estar deitada e em repouso mas não, eu andava de um lado para outro, inquieta pelo outro bebé. Estava sozinha, a desesperar por não saber o que fazer. Acordei com uma angústia terrivel. O meu inconsciente (...)

Um negócio a partir de um rendimento extra. Que possibilidades?

17.02.18, a tótó
Acho que tenho uma veia de negócio desde pequena. Na primária copiava desenhos como os da Minnie, pintava e vendia às colegas de escola. Assim que chegava a casa, depois de ir às compras com a minha mãe, começava a tirar as roupas das gavetas e do armário e fingia que era dona de uma loja. Quando saí da faculdade, e até ter emprego, decidi aprender tricot e crochet para me entreter e ainda vendi umas coisas. Nessa altura foi o que me safou como prendas de natal. Na altura de (...)