Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Este papel de mãe, que me assenta bem!

Ui passou tanto tempo depois do último post. Andava eu a dar a conhecer a minha gravidez e de repente pimba, ela decide nascer 10 dias antes da data provável de parto. Nem sei o que vos diga sobre isto de ser mãe. É tão maravilhoso mas também é doloroso.  Ao ínicio sofremos com o drama das cólicas, foram noites e noites em branco, com poucas horas de sono durante semanas (quer dizer, eu continuo com poucas horas de sono) e desesperados sem saber o que fazer, as massagens não (...)

Como tem sido a minha gravidez - Parte I

Naquele fim de semana de outubro era suposto aparecer o período. Mas não apareceu. Já tinha acontecido antes um atraso e portanto decidimos esperar mais uns dias. Numa quarta-feira, no banho, dei conta que tinha umas covinhas junto às virilhas. Tinha acontecido na outra gravidez e por isso, disse para mim "Já está! Estou grávida!" Falei disso com o J. e no dia seguinte, depois do trabalho, fiz o teste. O João tinha adormecido e não esperei por ele. Da outra vez tinhamos feito (...)

Relógio biológico fez das suas.

Eu sonho imenso, acordada e especialmente a dormir.  Na noite de sábado para domingo, sonhei com maternidade. Sonhei que tinha acabado de ter gémeos mas um deles não estava bem. O outro bebé estava comigo, com diarreia e eu sentia-me perdida ao pô-lo confortável, devia estar deitada e em repouso mas não, eu andava de um lado para outro, inquieta pelo outro bebé. Estava sozinha, a desesperar por não saber o que fazer. Acordei com uma angústia terrivel. O meu inconsciente (...)

Se reencarnar, posso ser um polvo!

Dantes dizia "aí estou tão cansada!", sabia lá coisas da vida, inocente!    Hoje sim, posso dizer que é verdadeiro cansaço.   Uma pessoa levanta-se de manhã, parece que foi atropelada por um elefante que vinha a fugir de um rato. Snooze atrás de snooze. Uma dor nos ombros que se espalha pelo corpo todo. Lá vou eu toda trôpega a caminho da casa de banho. (Ainda não vesti roupa ao contrário mas deve faltar pouco). Pequeno almoço quase de olhos fechados. Café só porque sim, (...)

Final com ponto e vírgula

O semestre terminou hoje com um teste. Quase não estudei para ele e respondi às questões conforme o que consegui ler e o que me lembrava das aulas. Não faço ideia se os meus devaneios vão dar-me, no minimo, 10 valores mas tenho mais três tentativas.   Foi mais uma semana terrível, cheia de trabalho, chatices e sobretudo situações que me desmotivam cada vez mais. É ridiculo começar a perceber que há um outro mundo profissional com outro tipo de pessoas e que, apesar deste (...)