Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

O que é uma pessoa do bem, André?

08.01.21, a tótó

O que é realmente, uma pessoa do bem?

Eu considero-me uma pessoa que pratica o bem. Não tenho cadastro, nunca roubei nada, nem um bago de uva, ou uma castanha no supermercado, paguei as duas multas de trânsito que tive, nunca matei ninguém e fico aborrecida, triste e deprimida se me chateio com alguém. Não gosto de conflitos mas quando chego ao meu limite, berro e transformo-me! Cuido dos meus pais, da minha família, o melhor que consigo. Pago os meus impostos, declaro tudo (mas nem sempre peço fatura). Trabalho e preocupo-me com as minhas funções. Acho que alguém assim é uma pessoa do bem. Por isso, se o destino quiser o André Ventura como presidente de todos nós, julgo que posso ficar no meu país. 

Mas por exemplo, o que acontecerá à minha prima que recebe um subsídio mas trabalha a dias durante a semana? Ela é carinhosa, simpática, nunca matou ninguém, nunca infringiu nada, ficou viúva nova, teve cancro, é uma sobrevivente e contudo recebe aquele subsídio quando se calhar não devia.

Ou o meu chefe, que como tantos empresários, fatura coisas pessoais em nome da empresa, põe lay off sem haver necessidade. Mas ele é porreiro, paga os impostos, é educado e preocupa-se.

O que lhes vai acontecer?

E aos bandidos e pindéricos?

Se André é contra a sentença de morte não os pode matar. Se é a favor da prisão perpétua e os prender implica que as pessoas de bem, as que ficam cá fora, terão que pagar ainda mais para os manter lá dentro. Serão necessárias mais prisões, serão necessárias mais forças policiais. Enfim tudo o que uma prisão implica e o dinheiro dos contribuintes. 

E se os ciganos que ganham os tais subsídios votam nele, passam a ser pessoas do bem?

Um bairro com 100 pessoas pagará por todos os crimes que um gangue de quatro elementos fazem? 

Os homossexuais, transsexuais e pindericos como José Castelo Branco, o que lhes vai acontecer? Mesmo que nunca tenham infringido a lei, mesmo que paguem as contas, impostos e trabalhem, sem recursos a subsídios, deixam de ser pessoas do bem? 

Nunca passei por uma ditadura mas alguém que faz parecer que quer "aniquilar" um país inteiro, não deve ter outro nome senão fascismo. 

É um discurso incoerente porque se ao mesmo tempo que se tenta pôr do lado da minoria, também se põe contra eles. E só não vê quem não quer. É é isso mesmo que me preocupa, porque julgo que hajam muitas pessoas que não querem ver, não querem informar-se, não procuram saber mais. Ele só diz o que todos queremos ouvir. 

Menos deputados no parlamento. Viva! 

Ciganos sem receber subsídio de reinserção. Viva! 

Pretos a cometer crimes, na prisão. Viva! 

Pedófilos em prisão perpétua. Viva! 

Põe-se numa manifestação LGBT a dar o seu apoio. Viva! 

É suficiente para ganhar cada vez mais membros no partido e votos para ganhar mas sejamos realistas, o André é tão mentiroso como nós cremos que todos os políticos são e portanto, se um dia ele for presidente, a ideia será sempre "aniquilar" pessoas que não são do bem. 

E toda a gente sabe que cada vez mais vivemos das aparências. Quem sabe se um médico (salva vidas) depois do turno não vai para o seu bunker onde abusa de crianças raptadas. É um cenário grotesco mas pode acontecer certo? Mas não deixa de ser uma pessoa do bem, porque é médico e porque ninguém sabe desta lado obscuro e macabro. É uma pessoa normal. Um médico, vejam só! 

É assustador o que se vê por estes dias nos EUA. Mas toda a gente sabe quem é o causador, o mesmo que agora põe o rabinho entre as pernas e foge. Desaparece das redes sociais, abandona os seus servos. 

E o André tem 37 anos e uma forma de falar politicamente (literalmente) incorreta. Pode ter tido 19 valores no final do seu curso de direito mas há valores e princípios de vida que não se aprendem ao nível académico. 

 

Tenho medo, sabem. O mundo está realmente a mudar. As pessoas estão cada vez mais revoltadas. Egoístas. Insatisfeitas. Estão doentes. Cada vez mais deprimidas. Cegas. E isso sim, é que necessita de mudança! 

 

5 comentários

Comentar post