Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

O que dizer 10 anos depois?

24.06.19, a tótó

Toquei à campainha, uma moça conhecida de vista abre-me a porta.

"boa tarde, estou à procura de emprego, queria deixar o meu currículo".

"está bom, eu vou deixar com o meu chefe e ele há-de dizer alguma coisa."

"obrigada. Resto de bom dia"

 

Passado pouco tempo, nem uma hora talvez: "vi o seu currículo, gostava de falar consigo." "sim estou disponível, quando poderá ser?"

 

Entrei naquele gabinete em Janeiro de 2009. Verdinha Verdinha. Dei os primeiros passos, equilibrei-me sozinha mas de repente a crise pregou-me uma rasteira e caí. Tive que dizer adeus àquele sítio. Mas não às pessoas. Ganhei uma boa amiga e um afilhado lindo e uma outra amizade, sentido de chefia muito mais próximo daquilo que eu sinto que deve ser a liderança.

Hoje. 9h da manhã. Toquei à campainha. Abriram-me a porta e ouviram-se gritinhos de felicidade e senti um abraço forte e cheio de amor. Foi ela que me abriu a porta.

 

10 anos depois. É como se nunca tivesse saído de lá.

 

Screenshot_20190624_220201.jpg

 

16 comentários

Comentar post