Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

O plano.

Num restaurante apinhado de gente tive que me sentar na mesma mesa que um senhor. Muito simpático e conversador, foi um almoço diferente na sua companhia.

 

Este senhor, mais velho do que eu uns bons anos, às tantas pergunta-me " E qual era o plano B?"

 

 

Hesitei. Não sabia responder. Eu nunca tive o plano B, C, D ou qualquer letra do abecedário.

 

Ainda não tenho.

 

Nunca me dei ao trabalho de pensar bem no assunto, de meter numa lista tudo aquilo que eu poderia fazer em vez do que faço agora, de descobrir outra pessoa dentro de mim.

 

Mas a verdade é que essa outra pessoa existe e tem sido puxada lá do fundo nos últimos tempos.

 

Tenho mais dias em que odeio o meu trabalho do que propriamente sinto-me feliz com ele. Não sei distinguir se é o facto de ser um robotiznho, das chatices e stress em que me envolvem, das tarefas a que me submetem, das injustiças que sinto na pele ou se simplesmente isto porque "luto" insistentemente é, tristemente dizendo, algo que não é para mim. 

 

A verdade é que tornei-me numa pessoa menos fechada, tenho saido da minha zona de conforto e tenho-me sentido bem com isso.

 

O mestrado tem-me mostrado que os limites ultrapassa-se, custa, ando muito cansada, mas vai, sei que sou capaz.

 

Mas falta algo. Falta-me mais qualquer coisa.

 

O quê?

 

Qual o meu plano, afinal? 

 

 

 

way.jpg

 

 

 

Blogs Portugal

Wook

ganhe-ate-10-euros-billboard

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D