Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Lisboa, carros, estacionamento e só rir!

23.03.18, a tótó

Estava dentro do carro, num estacionamento de rua, daqueles da Srª EMEL, a aguardar instruções para seguir viagem. Estava com o telémovel na mão, andava a ver mails e a pesquisar na net. Não me lembro o que me fez levantar a cabeça, provavelmente nada, mas ao olhar em frente, vejo o carro estacionado à minha frente com a traseira aos saltos. "Oi? Não está ninguém no carro". Logo de seguida uma buzinadela. Percebo o que se passa.

 

Alguém, dentro de um jaguar, tentava estacionar dois lugares à frente do meu carro e o qual tinha um espaço de carrinha de caixa aberta, daquelas compridas. Esse alguém tentou umas três vezes, imediatamente pus mão à ignição para puxar o meu carro para trás, não fosse o diabo tecê-las e ainda metia o carro que levava as marradinhas em cima do meu. Esse alguém, em jeito de "Oh que maçada, está a apitar-me porquê? ", deve ter-se fartado de ouvir o carro que, esperançoso, esperava que esse alguém percebesse que ele não estava a estacionar, nem a subir o lancil, mas sim a bater no carro atrás do seu.

 

Não sou das melhores a estacionar mas também não sou das piores.

 

Divirtam-se.

 

 

 

 

 

Boa Sexta-Feira, que o fim de semana está ai à espreita!

 

 

5 comentários

Comentar post