Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Dois meses de quarentena muito resumidamente. .

16.05.20, a tótó

Hoje faz precisamente 2 meses que comecei a quarentena. Passou depressa. Teve os seus momentos bons e outros menos bons.

Fiz pão uma vez, não fiz mil e uma receitas partilhadas nas redes sociais, fiz muito pouco exercício, instalei o tik tok e fiz só um vídeo, que não partilhei em lado nenhum. Não vi diretos do corpo dormente.

Fiz apenas umas alterações nos armários da cozinha, a sala de desarrumação continua no seu auge desorganizado. 

Fiz encomendas online de livros e de um tinteiro para a impressora. Imprimi mas não li nenhum livro que comprei. Não voltei a entrar num hipermercado (o j. fez questão de o fazer).

Não andei muito pela netflix mas descobri a fox comedy depois das 20h. Vi o primeiro episódio de Friends, acho que nunca tinha visto.

Nunca mais beijei os meus pais. Nem vi as crianças da minha vida. Chorei baba e ranho mas também soltei algumas gargalhadas. Tive discussões mas também momentos de carinho e de ternura.  Trabalhei demasiado, ao ponto de começar a odiar o que faço. 

Na 2ª feira será dia de regresso à rotina pré-quarentena. Ontem tive o pequeno ensaio para não custar tanto.

Detesto sair à rua e ter aquela sensação de insegurança. É estranho ver pessoas de máscaras, ter que usar máscara. Mas não me posso queixar porque há pessoas que estão muito mais expostas e mesmo assim continuam. 

Agora só quero aproveitar o fim de semana e o sol. 

Aproveitem também. 

3 comentários

Comentar post