Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Hoje é dia dos Avós!

Hoje é o Dia dos Avós!

 

Os meus avós maternos não os conheci, faleceram antes de eu nascer, só os conheço de fotos e de pouca coisa que a família me contou. Contudo as fotos mostram-me uma avó meio fria, austera e determinada e um avô simpático, meigo e trabalhador.

Do lado paterno conheci o meu avô, tinha 11 anos quando ele faleceu, um cancro no pulmão que o médico dele nunca viu (ou fingiu não ver). A minha avó, hoje com 90 anos, com espirito e fisico de 70 anos ou menos. Muito conversadora e bonita, adora os seus galões de máquina ao pequeno-almoço e os lanchinhos com as amigas no café da aldeia.

Deles, trago na memória o arroz com ovo estrelado que o meu avô me fazia quando a minha avó não estava em casa e a vide que a minha avó guardava atrás da porta da cozinha para ameaçar os netos (inclusivé eu, apesar de ser a mais sossegada).

 

Os meus pais, avós pelo lado do meu irmão, (de mim ainda não, apesar da minha mãe andar desejosa), são uns avós ausentes, os meus sobrinhos moram longe e não há grande convivio (por muito que eles, os meus pais, tentem) mas isso são outras histórias.

 

Um Feliz Dia dos Avós a quem seja Avô ou Avó aqui por estas bandas! Que tenham muito ritmo para acompanhar os vossos netinhos!

 

diadosavós.jpg