Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Conversas improváveis e os sinais que nos emitem.

Após este momento mais negro que estou a passar, a vida continua a dizer-me que continua a meu lado e que não posso desistir.

Pois então hoje o meu dia começou com uma paisagem incrível ao atravessar parte da A8. Campo, serras, verdes acastanhados e aquela neblina arroxeada que nos diz que a noite foi fria. Outono no seu melhor. Um sorriso no rosto, preparada para o dia correr bem. Mas não. Alheia dos assuntos estive à beira de um ataque de choro.

"Que raio continuo eu a fazer aqui?"

 

Foi então que a conversa chegou. A pessoa mais improvável, marcada como um sujeito a evitar na empresa, perguntou-me se eu gostava da minha profissão. Hesitante, disse que sim. "Então continue assim, se gosta do que faz trabalhe para melhorar, para dar o seu melhor. Aprenda e faça, seja aqui ou noutro sitio. Você dantes quase não falava para nenhum de nos mas agora fala, interage e isso é bom. Continue assim, está a ir bem."

 

Fiquei emocionada, deu-me vontade de chorar porque aquele homem é novo mas parece um velho, na maneira de falar, de pensar, trabalha bem, é muito teimoso e só faz o que realmente gosta e se sente à vontade, não tem bom feitio e à conta disso tudo é marcado como uma péssima pessoa e ninguém o quer nas equipas. E aquele homem podia estar a marimbar-se para o meu estado de desilusão, de impotência mas não, deu-me força, não quer que eu desista.

 

Obrigada.

 

 

persist.jpg

Blogs Portugal

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D