Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

Para Sempre TóTó

TóTó é o nome carinhoso que ele me dá. Ar calmo e sereno versus um turbilhão interior. Serei eu assim, Para Sempre.

O sismo de hoje. E se fosse mesmo muito forte?

Bom, uma pessoa anda há três dezenas de anos no mundo e num espaço de 5 meses já senti 2 sismos. O de hoje não senti tanto, até porque o epicentro foi mais longe.

 

Estava a espera de um técnico, estava um frio desgraçado naquela terra e aproveitei o sol e encostei-me a uma parede a apanhar banhos de sol. De repente ouvi portões a abanar mas pensei que fosse alguém a mexer num portão, mas a parede onde estava encostada também abanou e fiquei naquela "Oh lá, temos sismo outra vez?"

 

Mas continuei à espera do técnico, tranquilamente, até que a minha patroa liga a perguntar se estava tudo bem e eu disse que sim e começou toda acelerada a dizer que tinha havido um tremor de terra e que abanou tudo e que a filha estava em casa a chorar (20 anos). Desta vez não me assustei tanto, simplesmente desencostei-me da parede e pronto, fiquei à espera, a desejar que não houvesse outro e que o homem aparecesse.

 

Mas e se fosse a uma escala muito superior? Foi 4.9 em Arraiolos, eu estou para ai a 200 Km de distância. Mas e se fosse mais? O que faria? O que aconteceria? Estamos preparados?

 

A discussão continua mas eu acho que não se faz grande coisa em relação a isso. A nivel de construção continua-se a achar que o mais importante é a cor do azulejo a combinar com o mosaico. E a nivel de segurança humana acho que não se faz sensibilização ou pelo menos não se faz a adequada para estarmos mais preparados para estas situações.

 

Envio-vos o link de um projecto português  o KnowRisk. Visitem.

 

home-logo.png

 

 

Oh Destiny, you´re so funny!

Um dos meus objectivos para o ano de 2018 era voltar ao inglês, não tenho finanças para tirar um curso, mas já tive inglês no ensino básico e secundário, e com a internet, basta só ter criatividade, tempo e vontade e a coisa dá-se.

 

Então não é que hoje tive que ir ver um trabalho para um senhor  inglês e tive que falar em inglês e perceber tudo o que o senhor falava?

 

E então não é que me safei muito bem!   Realmente quando queremos muito as coisas, estas acabam por nos aparecer à frente e só depende de nós fazer a escolha.

 

 GIRL,

 

ROCK.jpg

 

A sina, o azeite e os arrepios.

Hoje uma cigana passou por mim na rua e quis ler-me a sina. Pronto, eu deduzo que hajam ciganas que não devem perceber nada daquilo e é para extorquir dinheiro. Ou percebem mesmo e aquela viu-me como um ponto fraco, uma alma fraca para extorquir dinheiro. Ou percebe mesmo daquilo, não queria dinheiro mas queria dizer-me algo. Bom ou mau.

 

Foi uma circunstância muito rápida, estava uma pessoa à minha espera, o meu colega apanhou-me e ofereceu-me café mas eu não podia, já estava atrasada e a cigana aparece-me à frente a pedir para me ler a sina. Confesso que esta movimentação toda em fracções de segundos deixou-me estonteada e a última parte criou um impacto que não tive tempo de pensar durante o dia mas agora faz-me pensar.

 

Nunca fui muito destes esoterismos, se posso chamar assim, mas a verdade é que aquela coisa do mau olhado e do azeite não é mito nem falcatruas, a mim, funciona. Há alturas que ando insuportável, tenho uma negatividade enorme, não me sinto bem, fazem me aquilo sem eu saber e passado pouco tempo estou leve e com mais força, mais ânimo e mais positiva. Depois acabo por saber que aconteceu. 

 

Agora, não posso pensar que a cigana realmente poderia ter algo para me dizer, ou como recusei,  ter-me feito alguma coisa. Lançado algum mau olhado. Sei lá. 

 

Julgo que tenho um espírito muito aberto a estas coisas.

 

Uma vez fiz uma sessão de Reiki com uma especialista com um dom e a pergunta que ela me fez quando terminou a sessão foi "vive ao pé de algum cemitério?" não sei como é que os meus pelos não saíram da pele de tão arrepiados terem ficado,acho que até ela ficou assustada quando lhe disse que não. 

 

A partir desse momento a minha visão para este tipo de coisas foi de profundo respeito. 

 

 

Sina.jpg

 

 

Trancas ou não?

O meu dia começou com uma ida à cidade, esperava-me um dia tranquilo até o comando do carro e a fechadura não colaborarem comigo. O carro não tranca de maneira nenhuma. Lá regresso eu a aldeia, entrego o carro ao mecânico.

 

Eu sei, já andavas a ameaçar e eu não fiz caso. A seguir são as pastilhas de travão. Isso é mais  grave e não pode continuar assim. O que vale é que sendo gaja vou tendo mais ou menos atenção a estas coisas, senão estava tramada. Quando houver azar tenho-os à perna. E  tens que continuar a colaborar comigo.  

 

Calhambeque.jpg

 

Esta semana vou...

O domingo ainda não terminou, com ele ainda continua o estudo mas no momento de pausa vou fazer uma antevisão da minha semana.

Portanto, esta semana adivinha-se muito preenchida.

 

  • Amanhã tenho exame. Ainda tenho a discussão do trabalho de grupo da mesma disciplina.
  • Na 3ª feira a professora vai dizer quando temos a resolução do teste (4ª ou 6ª) para ajudar com o estudo para o exame.
  • O exame será no sábado.
  • No domingo tenho batizado, ainda tenho que preparar a roupa.
  • Ainda me falta terminar um trabalho de outra disciplina.

 

No meio disto tudo, tenho que trabalhar e espero que seja uma semana tranquila. Não me "moiam"

 

Por isso, vou ter paciência, vou ter força, vou ser optimista, ou se não conseguir, ao menos que ponha de lado os mimimis do costume e bola para a frente!

 

toto.jpg

        Bom início de Semana para todos! 

 

 

 

Há Notas!

Lembram-se da prova?  http://parasempretoto.blogs.sapo.pt/eu-hoje-devia-ter-mentido-36130

 

Finalmente saiu a nota e à frente do meu nome tinha um a) que quer dizer que o candidato teve menos do que 9.5 valores.

 

Ah ah a minha vida em notas tem sido um espectáculo. Notas de provas para cargos profissionais, notas escolares e notas de dinheiro. Nem as notas musicais gostam mais de mim. 

 

As notas não querem nada comigo. 

 

 

Notas.jpg

 

Hoje tive direito a surpresas!

A maratona de estudo continua. Exame 2a feira, não estou a perceber grande coisa disto.

 

"É benfeita, tivesses estudado durante o semestre, até parece que nunca estudaste antes!"

 

Bom, então hoje não meti os pés na rua. O J. foi as compras e eu fiz a lista antes. No final dizia "uma surpresa para mim". Quando saiu, meti na janela um papel a dizer surpresa, para ele não se esquecer.

 

Tive direito a um crunch, pizza havaiana, 1 cd de natal (sim, fica para o próximo, mas hoje é dia de reis, ainda é natal) e 1 raspadinha sem prémio.

 

E agora, enquanto estudo está a tratar da casa.

 

Melhor que mil surpresas é tê-lo do meu lado.

 

Thanks j. Love you. 

 

Surpresa.jpg

 

Dia calmo, que maravilha!

Hoje tive que entrar mais cedo no trabalho, na cidade, decidi que ia levar o meu computador para trabalhar, não me apetecia voltar ao escritorio e podia muito bem trabalhar fora. E foi o que fiz! A minha secretária foi no chão, ao lado de um envidraçado do chão ao tecto, rente a um terraço, não tinha vista deslumbrante mas a chuva a cair ali mesmo ao lado, a bater lentamente no deck, soube-me a felicidade.

 

Estava contente por estar ali, sossegada, no silêncio, poder trabalhar ao meu ritmo, sem me atropelarem com mil coisas. 

 

Entretanto o rabo começou a doer e levantei mas à hora de almoço voltei lá, já estava o sol a espreitar e a aquecer-me.

 

Vi o meu reflexo no vidro. Os pés de galinha, o cabelo limpo e brilhante, a minha mancha de cabelo. 

 

"Estás a crescer."

 

 

Breath.jpg